O caso foi registrado na noite de segunda-feira, 21, no residencial União, em Vilhena, onde policiais tiveram que sacrificar um cão da raça Pit Bull, após este escapar e matar um cachorro de rua, colocando em risco também, a segurança de transeuntes.

Quando chegaram ao local, os policiais avistaram o referido cão atacando o cadáver de outro cachorro, que segundo testemunhas, ele mesmo havia matado.

Como o animal não parava de atacar sua presa e não respondia aos comandos da própria dona, o Corpo de Bombeiros foi consultado pelos policiais e informou os mesmos de que diante do comportamento descontrolado e agressivo do animal a única solução seria mesmo o sacrifício.

Diante dos fatos e devido a grande quantidade de transeuntes no local, o animal foi abatido a tiros de pistola.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Ilustrativa

sicoob credisul
vacina 728×90