O futuro de toda empresa depende de uma boa administração financeira. Em certos momentos, o empreendedor pode precisar de crédito. Por isso, é importante saber quais procedimentos e cuidados tomar na hora de buscar um financiamento. Pensando nisso, o Sebrae em Rondônia promoveu durante a   do MEI, uma Sessão de negócios e Oficina sobre acesso ao crédito orientadopara microempreendedores individuais (MEI), em Vilhena/RO. O  objetivo foi orientar o empreendedor sobre linhas de créditos e fomentar a economia da região.

Durante a Sessão de negócios, diversas instituições financeiras apresentaram as mais variadas opções linhas de créditos para o MEI. Um dos maiores benefícios ao se formalizar como microempreendedor individual é que, nessa condição, o empreendedor com CNPJ passa a ter algumas vantagens como empresa. Dentre elas, está a facilidade de acesso às instituições bancárias, inclusive, o empréstimo. De acordo com Emerson Silva, analista técnico do Sebrae em Vilhena, é preciso entender quais são os principais fatores avaliados pelos agentes financeiros para analisar a capacidade de pagamento da empresa e os documentos exigidos para realização de uma operação financeira. Segundo Divino Amorim, gerente de uma instituição financeira, hoje as cooperativas são ótimas opções para o empreendedor, devido às taxas de juros serem menores. “Existem diversas opções e com facilidades para o MEI ampliar o seu negócio”, garante.

Para o analista do Sebrae, o crédito viabiliza a oportunidade já identificada pelo MEI. Por isso, o intuito do Sebrae é orientá-lo a tomar as melhores decisões baseadas em análises de cada empreendimento. “Se eu  não souber qual é a necessidade correta, a aplicabilidade correta desse recurso, só vou gerar mais um problema. Hoje o empresário vai atrás de crédito quando já está quebrado e não para ampliar o seu negócio. 90% das vezes ele acha que é falta de dinheiro, sendo que, na verdade, só precisa de ajustes internos”, ressalta.

Emerson Silva orienta ainda que  é preciso identificar as lacunas para corrigir o problema. “O que mais cria lacunas dentro do caixa das empresas é vender muito parcelado, ter uma política de crédito que não é viável para a empresa e não ter boas negociações em processo de compra. Então possivelmente vai faltar dinheiro”, explica. Para ele, é preciso  analisar o negócio no contexto geral. “Vendi. Tenho para receber, mas nem sempre recebo, mas sempre tenho que pagar os fornecedores”, lembra o analista.

Quem recorreu ao Sebrae foi a microempreendedora Daniele Paes. “Eu não estava vendo resultados. Procurei o Sebrae e vi que estava fazendo de maneira errada. Agora, acertando essa falha, já estou analisando a melhor opção de linha de crédito  para dar sequência ao meu negócio”, conta.

Para Charif Mohamed, analista técnico do Sebrae, a semana voltada ao MEI foi  bastante produtiva e contou com a participação expressiva do vilhenense. “A Semana do MEI finalizou, mas estamos aqui, diariamente, para oferecer orientações, planejamentos de negócios e tirar as dúvidas do cidadão sobre os benefícios e vantagens de ser um MEI”, lembra.

O MEI é a pessoa que trabalha por conta própria e se legaliza. Atualmente, para se enquadrar na categoria de MEI, é preciso ter como limite de faturamento R$ 60 mil por ano, não participar de outra empresa como sócio ou titular e deve possuir no máximo um empregado com salário-mínimo vigente ou limitado ao piso da categoria. O microempreendedor individual tem direito a benefícios previdenciários, como auxílio-maternidade, auxílio-doença, aposentadoria, entre outros. Outra vantagem, para se tornar um MEI, é ter Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), que facilita a abertura de conta bancária, contratos com órgãos públicos, financiamentos e emissão de notas fiscais.

Para mais informações sobre a atuação do Sebrae, acesse o site  www.sebrae.ro ou ligue gratuitamente para 0800 570 0800. Você também pode nos acessar pelo número de WhatsApp (69) 98130 5656 ou pelas plataformas InstagramFacebookTwitterLinkedIne YouTube, no perfil Sebrae RO.

 

Autor e fotos: Assessoria

sicoob credisul
vacina 728×90