Uma testemunha arrolada no “Caso Jéssica” procurou a delegacia de Cerejeiras no final da tarde de quarta-feira, 11, para registrar um boletim de ocorrência contra um dos irmãos de Diego de Sá Parente, que se encontra preso, acusado de matar a facadas a adolescente Jéssica Moreira Hernandes, namorada de seu primo, em abril de 2017.

Segundo os relatos da vítima presente no boletim de ocorrência, o irmão de Diego teria lhe enviado uma mensagem de texto com os seguintes dizeres: “Que Deus tenha misericórdia de você”.

Ainda segundo a vítima, ao receber a mensagem, esta mostrou para uma amiga, porém, o agente acabou apagando, momento em que pediu para seu esposo ligar para o jovem e tirar satisfação.

Quando o esposo da vítima ligou para o irmão de Diego, este afirmou que estava revoltado pelo fato da testemunha ter a opção de não prestar depoimento e querer ir por contra própria, temendo que esta viesse a testemunhar contra seu irmão.

Diante dos fatos, o casal optou por procurar a polícia e denunciar o jovem pelo crime de coação no curso do processo, que é quando alguém usa de violência ou grave ameaça, com o fim de favorecer interesse próprio ou alheio, contra autoridade, parte, ou qualquer outra pessoa envolvida em processo judicial e possui pena de um a quatro anos de reclusão e multa.

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Rede Social

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO