O fato foi registrado pela Polícia Militar (PM) na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) de Vilhena, na noite de sábado, 4.

De acordo com informações colhidas pela reportagem do Extra de Rondônia, a vítima identificada como sendo Oziel Ribeiro Neves, de 40 anos, estava num bar na Rua 908, no Bairro Alto Alegre, quando se desentendeu com o suspeito identificado como Adão Carlos Ribeiro, de 39 anos.

Adão de posse de uma faca desferiu um golpe no peito de Oziel, que foi socorrido com vida ao pronto-socorro do Hospital Regional de Vilhena (HRV), mas algum tempo depois, não resistiu aos ferimentos e morreu.

Após cometer o crime, Adão teria ido para casa de sua mãe. Quando segundo testemunhas, chegou um carro com três homens que invadiram a residência e espancaram o suspeito, que sofreu politraumatismo.

Adão foi levado para o HRV e está internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

De acordo com testemunhas os homens que agrediram Adão seriam parentes da vítima, que buscavam vingança sobre o fato acontecido horas antes.

Adão foi acusado de participar do assassinato de Arildo Freitas, ocorrido no dia 5 de dezembro de 2015, em Vilhena. Mas por insuficiência de provas foi absolvido.

Adão Carlos Ribeiro – suspeito de ter matado Oziel Ribeiro Neves

 

Texto: Extra de Rondônia

Fotos: Extra de Rondônia

 

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO