Queimada 728×90

 

Duas motos foram furtadas e uma roubada durante o feriado de 07 de setembro, em Vilhena.

O primeiro caso foi registrado por volta das 11h00, pelo proprietário de uma motoneta Honda Biz de cor preta, com placa NCE-4987, que possui um adesivo escrito “Serviço Social” e que foi furtada em frente a empresa Diságua, localizada na Avenida Marechal Rondon, no Centro.

De acordo com o proprietário, por volta das 09h00, ele estacionou o veículo no local e se dirigiu a um apartamento, onde ocorria uma festa de aniversário. Ao sair por volta das 11h00, já não encontrou mais a motoneta, que tinha um capacete e uma maquina digital no bagageiro. Quem tiver alguma informação do paradeiro deste veículo pode entrar em contato diretamente com a vítima pelo telefone (69) 98414-3480.

O segundo furto foi registrado por volta das 14h00, pelo proprietário de uma Yamaha YBR, de cor vermelha, com placa NDI-1752, que procurou o quartel da Polícia Militar para informar que havia deixado seu veículo estacionado no pátio do posto de combustíveis Catarinense e se dirigiu até a cidade de Cacoal. Ao retornar, seu veículo havia sido furtado.

O terceiro e último caso ocorreu durante a noite, quando duas jovens, que estavam em uma residência localizada no Jardim Primavera, foram surpreendidas por um indivíduo baixo e moreno, que trajava moletom escuro com capuz e rendeu as vítimas com uma arma de fogo.

De acordo com os relatos das jovens, assim que ouviram os cachorros latirem, estas saíram até o quintal para verificar do que se tratava, quando se depararam com o assaltante, que as obrigou a retornar para dentro do imóvel.

Quando voltavam para dentro da casa, as jovens conseguiram se desvencilhar do bandido, que recebia apoio de um comparsa que o aguardava em frente o portão, e se trancaram em um dos quartos. O meliante ainda atentou arrombar a porta do referido cômodo, porém, ao ouvir que as vítimas conseguiram ligar para a polícia, fugiu levando um aparelho celular e uma motoneta Honda Biz, de cor preta, com placa NCS-7462, que estava na garagem.

As vítimas relataram que as chaves da motoneta ficaram no local e provavelmente os bandidos a levaram empurrando, pois não ouviram o barulho do veículo sendo ligado.

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Ilustrativa

saude 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO