Queimada 728×90

 

As recuperações ocorreram na tarde de segunda-feira, 09, no Bairro Cristo Rei, em Vilhena, onde uma guarnição da Polícia Militara (PM), avistou um menor empurrando uma motoneta Honda Biz, com placa NEC-6216, que segundo os registros do Detran, era produto de furto/roubo.

De acordo com registro da ocorrência, diante da constatação, os militares abordaram o menor, de 16 anos, que afirmou estar levando o veículo para o conserto, porém, alegou que um indivíduo chamado João Carlos, havia lhe solicitado que guardasse o veículo.

Já na residência de João, os policiais encontraram um grama de maconha e R$194,00 escondidos em meio algumas roupas e um par de botinas, que mais tarde foi identificado como sendo produto de um furto ocorrido em um estabelecimento comercial.

Como João afirmou vender drogas em sua casa, tendo acabado de mandar mensagens para seu fornecedor de nome Zilcler, para que lhe trouxesse mais uma porção para comercio e que também deixou o veículo sob os cuidados deste, que se responsabilizou em leva-lo até o menor, a guarnição se dirigiu até a residência do terceiro envolvido.

No local foram encontrados uma porção de 31 gramas de crack, três vestidos com etiquetas de uma loja que havia sido furtada recentemente, quatro notebooks, dois relógios, três bolsas, também com etiquetas, um televisor de 43 polegadas, oito celulares, uma balança de precisão e material usado no embalo de drogas.

Também foi apreendida uma motocicleta Honda CG Titan, de propriedade de Zilcler, que era usada para o tráfico. Ainda durante a abordagem e detenção dos envolvidos, uma mulher de 43 anos, que reside no imóvel e que afirmou guardar os produtos que eram vendidos pelo marido, recebeu voz de prisão por tentar intervir na ação dos militares.

Todos os objetos apreendidos foram apresentados na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) juntamente com os quatro envolvidos, para serem tomadas as devida providências.

Texto e foto: Extra de Rondônia

segurança – 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO