Na noite da última segunda-feira, 17, foi apresentado aos membros da Associação Cooperar e da cooperativa Sicoob Credisul o projeto do novo hospital que será construído em Vilhena.

O evento aconteceu no Espaço Cultural Marechal Rondon, CTC Sicoob Credisul.  Na ocasião, ocorreu o lançamento do site para arrecadação e informações da construção da unidade.

O projeto foi desenvolvido pelo arquiteto Fábio Marconi, e será instalado ao lado da Faculdade Marechal Rondon (Faron), localizada na BR-364 saída para Mato Grosso, em um terreno doado para associação.

O hospital terá cerca de  7 mil metros, sua construção será de forma modular, a principio, haverá 30 leitos, mas com possibilidade de expansão. Serão construídos unidades de internação com quartos individuais, de isolamento e enfermarias.

Está previsto também unidades de diagnostico e imagem com ressonância magnética, tomografia, raio X, ultrassonografia e endoscópio, quatro centros cirúrgicos, central de partos normais, unidade hemodinâmica, Unidades de Terapia Intensiva (UTI) com 10 leitos, unidade de quimioterapia, laboratório de análises clinicas, pronto socorro e unidades de apoio.

De acordo com o presidente da Sicoob Credisul, Ivan Capra, o objetivo da instalação do novo hospital na cidade é o de oferecer uma unidade de saúde que atenda as necessidades de maior complexidade como alguns especialistas e cirurgias que não possuem em Vilhena, pois na maioria dos casos a população tem que se deslocar para outros municípios.

Ainda segundo os desenvolvedores do projeto, o centro será aberto a todos os convênios e o inicio da obra está previsto para abril de 2019.

Quem quiser contribuir com o projeto poderá realizar doações por: débito automático, depósito na COOP 3325 Conta 43.593-7, cofrinhos solidários, apadrinhamento de cofrinhos, doações espontâneas em débitos e credito ou compra de produtos especializados.

>>>>>>>>>Clique na imagem para ampliar >>>>>>>>>>

Texto: Extra de Rondônia

Fotos: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO