Queimada 728×90

 

Morreu em Porto Velho, aos 72 anos, Delvino Zanotto, que dedicou grande parte de sua vida, ao ramo madeireiro, em Vilhena.

Delvino que se encontrava internado em Porto Velho, chegou em Vilhena no ano de 1987 e nos últimos meses, lutava contra um câncer, que o tirou do seio familiar, na manhã deste domingo, 06.

O corpo do pioneiro, que deixa quatro filhos, será velado na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, localizada no Centro de Vilhena.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Arquivo da família

 

segurança – 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO