Esse é o Plano – 728×90

 

Duas tentativas de homicídio foram registradas no último final de semana em Vilhena, onde um jovem de 25 anos foi agredido a pauladas e um homem de 45, baleado no pescoço.

O primeiro caso ocorreu na noite de sábado, na Rua 102-7, no Cidade Verde II, onde Francinei Valentim de Araújo, de 25 anos, só não foi morto a pauladas porque um policial militar que estava de folga rendeu seus quatro agressores, impedindo que os mesmos consumissem o crime.

Quando uma guarnição chegou ao local, já se deparou com a vítima ao solo, apresentando cortes no rosto, na cabeça e o maxilar quebrado.

Os quatro agressores, identificados como Dione Tavares Vitório, de 28 anos, Carlos Alberto dos Santos, de 57, Gilmar Emeliano de Souza, de 37 e Valdir Brito do Nascimento, que não teve idade divulgada foram rendidos pelo militar, isso com a ajuda de populares. Após, foram conduzidos até a delegacia e a vítima socorrido pelo Corpo de Bombeiros.

Já o segundo caso se deu na noite de domingo, 06, na Avenida 1705, no Jardim Primavera, onde Rogério Santos de Souza, de 41 anos, foi baleado ao atender dois jovens no portão de sua casa.

De acordo com uma testemunha, os dois agentes, trajando camisetas azul e vermelha chegaram no portão da residência da vítima e quando esta foi atendê-los, foi baleada no pescoço com um único disparo efetuado.

Após o crime, os infratores fugiram em sentido ignorado e a vítima foi socorrida ao hospital também pelo Corpo de Bombeiros.

As duas vítimas continuam internadas e a Polícia Civil investiga os casos.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Ilustrativa

Fhemeron 468x60px
Esse é o Plano – 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO