aftosa 728×90

 

Agentes do Serviço de Identificação e Captura (Sevic) da delegacia especializada no atendimento à mulher de Vilhena prenderam na manhã desta quarta-feira, 09, o auxiliar de mecânico C.M.L., de 32 anos, por ter descumprido a decisão judicial que determinava uma medida protetiva e continuar ameaçando matar a ex-companheira.

A prisão tem caráter preventivo e se deu para garantir a aplicação da Lei Maria da Penha, já que agente continuou as ameaças de morte contra, mesmo após ter sido informado das medidas protetivas expedidas em seu desfavor.

Desde que o artigo 24-A entrou em vigor na lei 11340/2006 (Lei Maria da Penha), tornando o descumprimento de medida protetiva crime, inúmeros mandados de prisão por este delito já foram expedidos e compridos em Vilhena.

 

Fonte: Assessoria

aftosa 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO