A reportagem do Extra de Rondônia foi procurada na noite deste domingo, 20, por pais que se disseram revoltados com atitude do diretor da escola Maria Arlete Toledo, localizada no Alto Alegre, em Vilhena, que se negou a abrir os portões da unidade para que os mesmos aguardassem o horário da matrícula.

Devido a grande procura por vagas nas escolas é comum pais dormirem na fila, na noite que antecede o dia das matrículas, porém, diferente do ocorrido em algumas unidades educacionais, onde os pais foram autorizados a aguardar dentro escola, onde podem contar com quadra coberta e banheiros, o diretor da Maria Arlete Toledo, se negou a abrir o portão, alegando que está de férias.

Diante da situação de risco em que se colocam a fim de garantirem uma vaga para seus filhos, onde alguns precisam levar crianças pequenas para a fila da matrícula, passando horas no sereno a mercê de chuva, frio e até mesmo assaltantes, alguns pais buscaram a imprensa, na tentativa de resolver a situação.

Em posse das informações, a reportagem do site tentou contato com Rosemar Erdmann, diretor da referida escola, mas não obteve resposta.

Enquanto o direito não se comove, os pais sofrem se ajeitando nas calçadas em frente a unidade, torcendo para que não chova e que nada de mal lhes aconteça.

Texto e fotos: Extra de Rondônia

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO