Os alunos da Educação de Jovens e Adultos (Eja) da escola Marcos Donadon de Vilhena entraram em contato com a equipe de reportagem do Extra de Rondônia para contar que na última terça-feira 05, foram proibidos pela gestão da instituição de entrar no local por não estarem devidamente uniformizados.

Segundo um dos denunciantes, que não quis se identificar, as aulas iniciaram na segunda-feira e durante a recepção a diretora informou que daria um prazo para que os estudantes providenciassem os uniformes, mas na terça-feira, ao chegaram à escola foram barrados sob a alegação de ser fundamental o uso de uniforme.

Um dos estudantes enfatizou ainda que não adquiriu a vestimenta devido o pagamento do mês ocorrer na próxima semana, e que priorizou comprar a lista de materiais do filho que também estuda na instituição.

O Extra de Rondônia entrou em contato com a escola, onde a vice-diretora, Simone Gaerski, explicou que os fatos não ocorreram como foi relatado.

Segundo a representante, no ato da matrícula tanto para o ensino regular quanto Eja a instituição reforça a necessidade de aquisição do uniforme. O prazo vai do ato da matrícula até o início das aulas, ou seja, houve mais de um mês. “O uniforme é uma forma de segurança e identificação da escola. É por meio dele que diferenciamos os alunos de outras instituições em caso de acidentes”.

A vice também detalhou que na segunda-feira a diretora passou nas salas de aulas para reforçar a necessidade da vestimenta. “Outro detalhe é que nossa equipe pedagógica é flexível. Houve pais que nos procuraram e informaram que viria com o uniforme antigo, pois não tinha como adquirir outro. Nós compreendemos, e dependendo do caso até esperamos”, finalizou.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Arquivo Extra

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO