Esse é o Plano – 728×90

 

Na manhã desta sexta-feira 08, a equipe de reportagem do Extra de Rondônia recebeu uma carta do empresário vilhenense, Rubens de Oliveira Barros, onde expressa sua indignação com a atual administração do município.

Na carta, Rubens afirma que as autoridades políticas em geral tem deixado o município em completo abandono, em especial a Avenida Capitão Castro, que encontra-se repleta de burracos e com pontos de alagamentos nos períodos chuvosos.

Segundo o empresário, quem esta pagando pelo esquecimento da administração são os comerciantes que em diversos casos perdem clientes, mas continuam a contribuir com os impostos. Leia a carta na integra.

 

Carta às autoridades municipais de Vilhena

Bom dia senhores prefeito, vice-prefeito, secretários, deputados estaduais e vereadores do município de Vilhena. Venho através desta carta pedir encarecidamente aos senhores que olhem para a nossa Av. Capitão Castro, pois a mesma encontra-se em total abandono pela administração pública e política, o que sinto e que a nossa avenida, mesmo sendo a segunda avenida comercial de Vilhena, parece não existir no mapa da cidade.

Ás vezes penso que nenhuma autoridade política de Vilhena transita nesta avenida, pois há várias avenidas e ruas em nosso município que recebe, limpeza, pintura nos meio fios e faixas de pedestre, sei que toda a população dessas avenidas tem esse direito, só não entendo o porquê que o centro comercial de Vilhena e tão abandonado desse jeito.

Senhores, vejam bem, o quanto de emprego nos temos nesta avenida, sem contar com as altas taxas de impostos que pagamos e não recebemos benéficio nenhum em troca.

Chego a pensar que os proprietários destas avenidas não pagam nenhum imposto para o município, pois além de sermos prejudicados com nossos comércios temos dificuldades de locar nossos pontos comerciais, pois em vários pontos existem alagamentos que obstrui a entrada de clientes no comércio (especialmente entre as ruas Castelo Branco e Costa e Silva, em frente a Biocal).

Há tanta terra e água que quando chove fica difícil transitar neste ponto, fazendo assim com que nossos clientes se dirigem para outras avenidas, deixando nossos comércios abandonados, e não podemos fazer nada, pôs nossas autoridades políticas não atendem nosso apelo.

Há vários pioneiros nesta avenida e chegamos a pensar que nosso esforço em ajudar nosso município a se desenvolver não tem nenhum reconhecimento.

Não pertenço a nenhuma classe política e nem tenho pretensão em ser político, pois acho que a classe política deve estar a trabalho do povo, aliás, nós que pagamos o salário dos representantes municipais estaduais e federais.

Apenas apelo pelo bom senso para que nosso problema seja resolvido, pois tenho a mais absoluta certeza que somos muito importantes para o crescimento de nossa cidade e por todas as famílias que trabalham nesta avenida.

Sem mais, nada a declarar deixo o grito de socorro de nossos comerciantes e proprietários desta tão importante avenida deste município. Espero encarecidamente que a nossa nova administração municipal a qual depositamos nossos votos olhe para a nossa avenida.

 

Vilhena, 06 de fevereiro de 2019.

Rubens de Oliveira Barros

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Divulgação

Fhemeron 468x60px
Esse é o Plano – 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO