Local amplo oferecerá tratamento semi-intensivo para recém-nascidos

A Justiça do Trabalho inaugurou na manhã desta sexta-feira, 15, prédio anexo ao Hospital Regional de Vilhena, pronto para receber centro obstétrico e uma UTI NeoNatal, com investimento de R$ 2,4 milhões oriundos de multas pagas à Justiça.

As diversas autoridades presentes comentaram os benefícios que a obra trará para o município.

Compuseram a mesa de autoridades os juízes do trabalho Fernanda Antunes Junqueira e André Souza Pereira, a procuradora do trabalho Marina Silva Tramonte, os deputados estaduais Luizinho Goebel e Cirone Deiró, o secretário municipal de Saúde Afonso Emerick, e a pediatra e responsável pela UTI Neonatal Angélica Domingues de Oliveira.

“É preciso que o ser humano ame mais ao próximo e tente dar menos atenção à tecnologia que nos separa, especialmente através do mau uso do celular. Os poderes, judiciário, legislativo e executivo, precisam proporcionar, também, dignidade às pessoas. Hoje brindamos a sociedade de Vilhena. Não foi um caminho fácil. Mas nós queremos que os usuários possam ser bem acolhidos. Um lugar digno e decente de trabalho e atendimento”, pontuou Fernanda.

Autoridades presentes ao evento

De acordo com Afonso, a parceria dos deputados será fundamental. “Inicialmente iremos colocar para funcionar aqui uma UCI Neonatal (Unidade de Cuidados Intermediários para recém-nascidos). Levaremos também o centro obstétrico do Hospital, assim que o concurso, que já estamos finalizando para lançar, nos permita contratar os médicos anestesistas”, explicou.

Esta é a maior obra, de várias, construídas pela Justiça do Trabalho em Vilhena nos últimos anos. Com a inauguração,  a Prefeitura tem como contrapartida de gerir, equipar e oferecer mão-de-obra para o atendimento.

Texto e fotos: Assessoria

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO