Ricardo Zancan

O projeto de Lei que autorizou disponibilização de cerca de R$ 15 milhões para obras de pavimentação urbana, aprovado no início desta semana pela Câmara de Vereadores, é apenas uma parte da meta que a atual administração pretende alcançar até o final do mandato em Vilhena.

Em entrevista ao Extra de Rondônia nesta semana, o secretário municipal de Planejamento, Ricardo Zancan, detalhou o projeto do prefeito Eduardo Tsuru “Japonês” (PV) para asfaltamento da cidade até o final da gestão.

Segundo o secretário, o projeto aprovado esta semana finaliza projeto da gestão passada, e corresponde a cerca de 20 quilômetros de asfalto.

Ele informou que estão contempladas na ação as avenidas Rondônia e Rio Grande do Norte (Setor 19), Primeiro de Maio (Centro), além da parte final da Trancredo Neves e imediações do Mercado Sanches, (Setor Embratel). Somado aos R$ 15 milhões financiados, motivo do projeto aprovado nesta semana, outros oito milhões em contrapartida do Município serão aplicados para o custeio das obras, que começam em maio.

Parte deste asfalto será entregue ainda este ano, com previsão de 180 dias a partir do início das obras, que ocorre em maio. A segunda parte, compreendendo as ruas do Setor 19 será entregue no ano que vem, pois haverá necessidade de construção de galerias de drenagem.

Este projeto vem tramitando há cerca de cinco anos, e seu desfecho vai encerrar uma “novela” que causou muita controvérsia. “Era uma questão primordial de nossa gestão, e concentramos esforços neste sentido”, declarou o titular da Semplan.

Ricardo em entrevista ao jornalista Mário Quevedo

Ricardo revelou o projeto original do prefeito Eduardo de pavimentação urbana que será desencadeado no ano que vem. “Serão 25 quilômetros de asfaltamento nos bairros Jardim Social, Jardim Universitário, Cidade Nova, Barão 1, Alto dos Parecis e a finalização do Bela Vista”. O investimento total será de R$ 35 milhões.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO