covid19 – 728×90-2
Faixa elevada na avenida Tancredo Neves, em frente à escola Marcos Donadon

Uma ótima ideia pessimamente concretizada. Este é o ponto de vista do vereador Rafael Maziero (PSDB) sobre a construção de faixas elevadas para pedestres em vários pontos da cidade, proposta de sua autoria adotada pela prefeitura municipal de Vilhena no ano passado.

“Nossa ideia era garantir segurança e acessibilidade aos vilhenenses através do aparato, mas o projeto foi muito mal executado”, disse em visita à redação do Extra de Rondônia.

Previstas para serem instaladas em quase 20 pontos da cidade no valor total de R$ 544 mil (leia AQUI), as faixas elevadas não passaram dos primeiros cinco locais planejados como projeto-piloto e o empreendimento foi paralisado para aferição de medidas a pedido do próprio vereador.

Isso ocorreu logo no início da gestão do atual prefeito, Eduardo Japonês (PV), em julho, e até agora não houve retomada do projeto.

Quando apresentou a proposta da construção das faixas, Maziero teve como meta prevenir acidentes e garantir acessibilidade a cadeirantes e outras pessoas portadoras de necessidades especiais, seguindo padrão estabelecido pelas normas federais de trânsito.

Aferição feita nas faixas construídas, segundo o vereador, dão conta que não há quebra de parâmetros, mas Rafael as considera “insatisfatórias”.

O vereador tem dialogado com a prefeitura no sentido de se promover alteração na forma como as faixas são construídas, utilizando concreto e fazendo a junção entre a pista e a calçada de forma a permitir plena utilização por parte de cadeirantes e idosos. “Isso vai garantir acessibilidade total a todos os vilhenenses, melhorar a segurança do trânsito e os obstáculos terão durabilidade de décadas”, avalia.

Maziero espera que as obras sejam retomadas o mais breve possível. O investimento no projeto é  captado com o governo do Estado através do DETRAN.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

sicoob credisul
covid19 – 728×90-1

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO