Queimada 728×90

 

Os fatos se deram no final da manhã de segunda-feira, 25, em uma agência do Banco Sicred de Vilhena, onde um taxista tentou trocar um cheque no valor de R$ 5 mil, porém, o correntista, cujo o nome constava na folha, afirmou não ter soltado tal valor.

De acordo com o registro da ocorrência, ao receber a ligação do gerente do banco, o dono do cheque se assustou com o valor da folha, que segundo o mesmo desconhecia, e foi até a agência, onde manteve contato com um taxista, que relatou ter recebido o valor de um homem por nome André, para quem teria vendido uma motocicleta a cerca de 2 anos.

De acordo com o taxista, no ato da venda, ele recebeu R$ 2 mil ficando faltando R$ 5 mil, porém, desde então não teve mais contato com o comprador até aquele dia, onde se deparou com o mesmo na rua, que após lhe perguntar se lembrava-se dele, o pagou o valor restante com a referida folha de cheque.

Ainda segundo o taxista, após pegar o cheque, ele se dirigiu imediatamente até o banco para realizar a troca.

Diante dos fatos, os envolvidos foram conduzidos pela Polícia Militar até a delegacia da Polícia Civil para prestarem mais esclarecimentos ao delegado.

O registro da ocorrência não deixou claro se o cheque era falsificado ou se havia sido furtado e preenchido depois.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Ilustrativa

segurança – 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO