Joelson Pereira Gomes, de 25 anos, que foi assassinado a facadas na madrugada desta quinta-feira, 28, por Maicon Queiroz de Lima, que foi preso no início da tarde, era foragido da justiça do Mato Grosso.

Através de consulta ao banco de dados do Tribunal de Justiça do referido Estado, a reportagem do site constatou que em 2018 Joelson foi condenado a cinco anos de reclusão, 500 dias multa, quatro meses de detenção e três meses e 03 dias de prisão simples.

Ainda de acordo com banco de dados, o jovem foi autuado nos crimes de contravenção penal, ameaça e tráfico de drogas cometidos na cidade de Tangará da Serra, onde residem seus familiares, que virão a Vilhena para o velório e sepultamento, que se darão na Capela Mortuária e Cemitério Cristo Rei.

 

Texto e fotos: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO