Mais gestão 728×90
Alexandre Gomes, de 31 anos / Foto: Extra de Rondônia

O armazenista Alexandre Lopes Gomes, 31 anos, foi absolvido da acusação de tentativa de homicídio no Tribunal do Júri, realizado na manhã desta terça-feira, 09, no Fórum Desembargador Leal Fagundes, em Vilhena.

O acusado, que trabalha de armazenista numa empresa de Vilhena e aguardava a decisão em liberdade, confessou ter esfaqueado o pastor evangélico Dijalma de Jesus, 47 anos, por, supostamente, ter paquerado sua esposa.

O crime aconteceu no dia 02 de março de 2013, na Rua 919, no setor 09, em Vilhena.

A sessão do julgamento foi presidida pela Juíza de Direito, Liliane Pegoraro Bilharva, com participação do promotor de justiça Elicio Almeida Silva, e o defensor público Matheus Lichy.

ACUSAÇÃO

No julgamento, o promotor disse que a acusação do réu não se enquadra como uma tentativa de homicídio e sim uma lesão Corporal.

DEFESA

A defesa, por sua vez, citou que a atitude do réu foi inofensiva na vítima e, no dia do fato, o corte de faca na vítima apenas causou lesões superficiais.

detran 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO