Queimada 728×90

 

O crime ocorreu no Bairro Cristo Rei/Foto: Arquivo Extra de Rondônia

O crime foi registrado na manhã desta sexta-feira, 12, na Rua 1503, no Bairro Cristo Rei, em Vilhena.

De acordo com o registro da ocorrência, uma guarnição se dirigiu ao local após o recebimento de várias ligações dando conta de que um jovem estava invadindo quintais e tentando agredir pessoas no referido bairro.

Quando chegaram até o endereço informado, os militares se depararam com Amauri da Silva Oliveira, de 18 anos, que já havia sido preso e liberado após prestar depoimento, no dia 30 de março, três dias após ter ferido gravemente um jovem a golpes de facão e na fuga, ter roubado uma motocicleta de um casal, fazendo uso da mesma arma. (Lembre AQUI)

Não diferente da duas últimas vezes que a PM tentou capturar Amauri, este deu muito trabalho, agredindo os militares com socos e pontapés, chegando até a danificar duas viaturas durante sua contenção.

Em contato com a vítima, também de 18 anos, esta relatou que estava no local perfurando uma fossa, quando Amauri invadiu o quintal, se apossou de uma enxadão e tentou desferir um golpe contra sua cabeça, porém, ao tentar se defender, a ferramenta pegou em seu braço, lhe causando uma lesão no pulso esquerdo.

De acordo com uma testemunha, o agente ainda tentou agredir com uma pedra de grande porte, seu pai já idoso, que também estava no local.

Diante dos fatos, Amauri foi apresentado na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) com lesões pelo corpo, devido ter quebrado a chutes o vidro da porta traseira da viatura.

segurança – 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO