Queimada 728×90

 

O suspeito negou que a droga fosse dele e fez menção para o menor de idade assumir a parada/Foto: Extra de Rondônia

O fato foi registrado no começo da tarde de quinta-feira, 18, na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) pela Polícia Militar de Vilhena.

De acordo com o boletim de ocorrência, um policial militar estava à paisana nas proximidades de um mercado no bairro Parque São Paulo, no setor 6, quando avistou um homem em atitude suspeita numa moto Honda CG 160 Fan de cor vermelha, placa QTI-1200/Vilhena, entregando algo a um indivíduo e recebendo uma nota de R$ 10,00.

Contudo, fato este que chamou a atenção do militar que acionou policiais do Núcleo de Inteligência (NI) que por sua vez pediu apoio ao Patrulhamento Tático Móvel (Patamo), onde fizeram acompanhamento do suspeito até uma casa na Rua Guaianases, no bairro Embratel.

Informações recebidas pelos policiais dava conta que naquele imóvel havia movimentação inadequada em horários diferenciados e morava um jovem magro de estatura média e cabelo pintado de loiro e que a mesmo possuía uma moto de cor vermelha, a mesma descrição do suspeito visto pelo policial momentos antes.

Com isso, os militares fizeram revista no local e encontraram certa quantia de entorpecentes e detiveram o suspeito identificado como sendo Anderson de Oliveira Santos, de 21 anos. No imóvel, ainda havia um adolescente de 15 anos, no qual estava na companhia do suspeito embalando drogas.

Ainda de acordo com a ocorrência, Anderson fez menção para que o menor de idade assumisse que as drogas eram de sua propriedade. Além disso, em diligencia na casa da namorada de Anderson identificada como Leidimara Pereira da Costa, de 20 anos, na Avenida Rondônia, os militares encontraram mais entorpecentes e um dichavador, objeto usado para triturar maconha.

Diante dos fatos, os envolvidos foram levados para a delegacia e entregues ao comissariado de plantão para providências cabíveis.

 

 

 

 

 

segurança – 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO