Crime ocorreu no Hospital Regional de Vilhena/Foto: Reprodução

Neide Machado, de 46 anos foi flagrada por funcionários do Hospital Regional de Vilhena, na tarde de sexta-feira, 19, tentando causar a morte do proprio pai de 86, desligamento seus aparelhos respiratórios.

De acordo com o registro da ocorrência, a Polícia Militar compareceu na unidade a pedido de uma assistente social, que relatou a situação do paciente, que está internado a vários meses, respirando com a ajuda de aparelhos e que Neide, que é acompanhante do idoso, vem tentando atrapalhar  a ministração das medicações.

Porém, no dia dos fatos, foi constatado que a mulher teria desliga os aparelhos do paciente, a fim de causar sua morte, e que a mesma alega que os irmãos não querem ajudá-la a cuidar do pai, por isso realiza tal feito por não aguentar mais vê-lo sofrer.

Ainda segundo a comunicante, Neide já foi flagrada por servidores do hospital exalando forte odor etílico.

Diante dos fatos os militares realizaram contato com o delegado de plantão, que determinou que a agente fosse liberada.

Mercado Paulista

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO