Valéria começará suas atividades em junho / Foto: Assessoria

Valéria Fernanda Zolinger, 31 anos, que estudou na Faculdade AVEC e se graduou em 2017 como bacharel em Direito, foi aprovada no concurso de outorga e delegação de serventias extrajudiciais, assumindo o Cartório de Registro Civil e Tabelionato de Notas de Pimenteiras do Oeste, onde começará suas atividades em junho.

De acordo com Valéria, o gosto pela atividade surgiu quando ainda tinha 20 anos ao trabalhar pela primeira vez em um dos maiores tabelionatos de notas do Estado do Rio de Janeiro.

“Tudo ainda era uma utopia pra mim, e só me dei conta de que era possível passar em um concurso para tabeliã, quando fui interina no tabelionato de Chupinguaia. Logo após de deixar a interinidade, decidi estudar e estudar até conseguir”, contou a ex-acadêmica.

Em 2016, Valéria fez um concurso para cartorária no estado do Pará, o qual passou em todas as fases e foi aprovada, mas resolveu continuar estudando. “Optei por continuar estudando, e então prestei concurso para Rondônia e acabei passando. Quando conclui o curso na AVEC já estava aprovada no Pará, aguardando a fase oral de Rondônia e também aprovada no Exame da Ordem”, disse.

A graduada pela Faculdade AVEC disse ainda, que o mais difícil do concurso é a ansiedade, falta de confiança e o estresse. “Só não passa quem sai da fila, pois concurso público para mim é uma fila. Estudar é um caminho longo, e sei que ninguém é melhor do que ninguém; vejo os juízes, promotores, defensores e cartorários simplesmente como pessoas que pararam suas vidas e se dedicaram e obtiveram êxito naquilo que se propuseram a fazer, por isso não se pode desistir”, comentou Valéria.

Questionada sobre quanto o curso de Direito contribuiu para sua conquista, Valéria fala que o corpo docente da AVEC é excelente e contribuiu muito para sua formação. “Todos são muitos empenhados em ensinar. Lá temos grandes e respeitados advogados, juízes, um promotor de justiça, delegado de polícia e também um tabelião, e todos contribuíram muito com a minha aprovação. Mas aqui aproveito para destacar que quem faz o curso é o aluno e onde há dedicação, haverá frutos para colher” disse Valéria, que se classifica como sonhadora e sente saudades dos tempos de faculdade quando tinha dúvidas, incertezas e muita esperança.

UMA MENSAGEM

Valéria deixa um recado para todos acadêmicos e egressos da Faculdade AVEC, que buscam realizar seus sonhos e objetivos de vida: “É muito importante focar-se numa área, aquela na qual a gente acredita que poderá fazer um bom trabalho. E quanto a ser aprovado em concurso, o segredo é persistir e não desistir, pois o caminho é espinhoso, mas o resultado vale a pena. Difícil mesmo no Brasil é ser empreendedor, mas felizmente nós temos grandes leões que ainda acreditam num futuro melhor, e quando um vai bem, de conquista a conquista, todos iremos bem também”, finalizou Valéria Zolinger.

COORDENADOR COMENTA

O coordenador do Curso de Direito da Faculdade AVEC, professor e advogado, Helio Baptista, se disse muito contente com a conquista de sua ex-aluna e salientou que a instituição é um celeiro de ex-alunos que se tornaram grandes profissionais.

“Hoje temos mais de uma dezena procuradores, promotores, magistrados aprovados em vários concursos de vários estados do país. Além de brilhantes advogados atuando em várias comarcas de Rondônia e também do restante do país. Isso mostra o empenho de nossos professores ao transmitir conhecimentos a nossos acadêmicos”, frisou o professor Helio Baptista.


COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO