Queimada 728×90
Câmara de Corumbiara / Foto: Extra de Rondônia

A votação do polêmico projeto que visa a construção de um portal na entrada da cidade está na pauta da sessão ordinária que será realizada nesta terça-feira, 25, no Poder Legislativo de Corumbiara, que inicia às 07h (leia mais AQUI).

Em abril passado, o prefeito Laércio Marchini (PDT) enviou ao Legislativo o projeto n° 002/2019,  que, além do portal, inclui obras de asfalto e construção de uma pista de caminhada ao longo da rodovia 370 (trecho da avenida Itália Franco e avenida Manoel Ribeiro), urbanização e paisagismo do canteiro central da avenida Itália Franco e serviços de manutenção de vias urbanas na sede do município e no distrito de Vitória da União, com recapeamento asfáltico, tapa-buraco, entre outros serviços, com gastos de R$ R$ 1,85 milhão.

Ainda, conforme o projeto, os recursos são próprios, provenientes de superávit financeiro apurado em balanço patrimonial do exercício de 2018.

Entre outras justificativas, o mandatário municipal disse que as obras visam o embelezamento e uma melhor identificação do município (leia AQUI).

Embora o prefeito insista na construção de uma obra que não trará benefícios diretamente aos cidadãos, como é o caso do portal, outras obras estão praticamente abandonadas.

É o caso do ginásio poliesportivo e da quadra da feira municipal, ambas obras interditadas há quase 3 anos.

Conforme o Extra de Rondônia apurou, entre outras prioridades, no distrito de Vitória da União há uma escola sem climatização e as salas são utilizadas como refeitório. E pior: os próprios servidores pagam a internet mensalmente para o funcionamento de computadores.

Feira municipal interditada há quase 3 anos / Foto: Divulgação
segurança – 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO