Esse é o Plano – 728×90

 

Coluna escrita por Humberto Lago/Foto: Extra de Rondônia

Bons empresários costumam desenvolver padrões operacionais de desempenho. A existência deles é de extrema importância na condução dos negócios.

Mediante padrões operacionais específicos, as empresas são gerenciadas objetivando a obtenção de resultados melhores, ao longo do tempo. Ao agir assim elas se tornam mais eficientes, competitivas e, portanto, aptas a ter uma maior participação no mercado.

Esse esforço, em busca de avanços, na gestão empresarial, é uma luta constante e desafiante, mas igualmente gratificante. Dessa forma vão se formando profissionais capazes e experientes, prontos a enfrentar desafios crescentes, mesmo que a conjuntura seja adversa. E graças a esse ímpeto, a riqueza vai sendo criada, empregos são gerados e o país cresce. Sempre é tempo de fazer isso.

Às vezes surgem oportunidades de novos negócios, porém os recursos envolvidos são elevados e não disponíveis. Isso inibe e intimida a maioria dos empreendedores. O que fazer? A solução é abandonar a ideia, por falta de recursos? Resposta: Não! Quando você tem um desempenho superior; quando tal performance se repete sistematicamente; quando seus padrões operacionais comprovam que sua atuação é marcante, então fica evidenciado que você está apto a se envolver em negócios maiores.

Ouvi, de um expressivo empresário local, a afirmação de que ele estava disposto a ingressar num grande negócio, com um novo sócio, em igualdade de condições (50%+50%), desde que ele ficasse responsável pela condução da operação! Isto é a admirável e digno de ser seguido; demonstra elevada capacidade e disposição ao risco.

Quantos de nós dispomos dessa capacitação? Quantos de nós estaríamos prontos para fazer isso? Quantos de nós teríamos a coragem de dar um passo dessa magnitude? Grandes negócios costumam trazer consigo oportunidades únicas de avanços, tais como: A-Significativos e impactantes ganhos de escala; B-Aquisição de mercadorias em condições mais favoráveis; C-Possibilidade de conseguir melhores margens operacionais… Empresas de porte médio dificilmente conseguiriam isso.

Uma das vantagens de uma sociedade em partes iguais é que as decisões fundamentais só podem ser tomadas com a concordância de ambos os sócios. Até mesmo grandes multinacionais estão empregando intensamente, nos últimos anos, essa estratégia, tanto no nosso país quanto no exterior. A Shell é um dos exemplos mais agressivos e conhecidos. Procure informar-se para descobrir a razão do seu sucesso e do crescimento admirável de suas receitas, dentro e fora da área do petróleo.

Espero que estas ideias possam, de alguma forma, incentivá-lo. Não permita que a insuficiência de recursos financeiros, nem que a incapacidade gerencial, impeçam a realização de seus sonhos empresariais!

Fhemeron 468x60px
Esse é o Plano – 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO