Sebrae Vilhena / Foto: Divulgação

Acontece na noite de hoje, nas dependências do Park Shopping Vilhena, o lançamento do Projeto Liderança para o Desenvolvimento Regional (Líder), que tem como meta capacitar pessoas com comprometimento comunitário para apresentar projetos e propostas para a melhoria dos municípios, contribuindo com o poder público no levantamento de demandas e sugestões para resolução.

A iniciativa é do Sebrae e segue modelo criado há vários anos em Maringá com enorme sucesso e influência nacional, e já foi adotado em algumas cidades de Rondônia. O diretor superintendente da instituição em Rondônia, Daniel Pereira, está em Vilhena para prestigiar o lançamento, explica que a iniciativa atinge os sete municípios da região Sul.

A ideia do projeto é agregar empresários, executivos, gestores municipais e representantes de entidades da sociedade civil, com perfil de liderança e potencial para construir uma rede de parceiros da região, visando à elaboração de uma agenda regional de desenvolvimento, fornecendo-lhes formação para realizar tais ações.

Por isso o trabalho de capacitação que começa hoje vai se desenrolar ao longo de um ano, através de consultores do Sebrae. O projeto se desenvolve através de quatro eixos temáticos: Agronegócio, Turismo, Educação Empreendedora e Governança.

Ao final da formação os integrantes do grupo atuarão como elemento de ligação entre a sociedade e o poder público, apresentando projetos de desenvolvimento dentro dos eixos de estudo, elaborados a partir de critérios técnicos e dentro da realidade socioeconômica de cada município.

“É o fim da era do ‘achismo’ e do palpite para ações viáveis e com possibilidade de desenvolvimento real com menor índice de riscos. Será uma consultoria sem custos ao poder público, colocando governos e sociedade numa relação mais próxima e produtiva”, afirmou Daniel Pereira. O lançamento do “Projeto Líder” começa às 19h.


COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO