Esse é o Plano – 728×90
Prefeita Gislaine Clemente, “Lebrinha” / Foto: Divulgação

A prefeita de São Francisco do Guaporé, Gislaine Clemente, a popular “Lebrinha”, está sendo investigada pelo Ministério Público de Rondônia (MP) devido ao número excessivo de cargos comissionados na prefeitura desse município.

No último dia 8 de agosto, o promotor de justiça Marcos Geromini Fagundes instaurou procedimento com o objetivo de apurar a possível prática de improbidade administrativa.

Em 14 de janeiro deste ano, o MP instaurou o procedimento considerando o teor da Lei Complementar nº 52/2016 que dispõe sobre reforma administrativa, estrutural e funcional da Prefeitura Municipal de São Francisco do Guaporé, que traz um rol extenso de cargos comissionados com pouquíssimos cargos efetivos.

O promotor considerou também que nos últimos anos vem sendo feitas contratações por meio de reiterados, processos seletivos e nomeações de cargos em comissão que não se enquadram nas categorias de direção, chefia e assessoramento.

Em 26 de junho passado, o MP solicitou à prefeita “Lebrinha” que encaminhe relação atualizada com o nome de todos os ocupantes de cargos em provimento em comissão, com as respectivas lotações e remunerações correspondentes.

Informou que o município de São Francisco do Guaporé possui em seu quadro 2780 servidores efetivos, 108 servidores comissionados e três temporários.

O Extra de Rondônia deixa espaço à disposição da mandatária municipal para eventuais esclarecimentos.

Fhemeron 468x60px
Esse é o Plano – 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO