Esse é o Plano – 728×90

 

Visita ocorreu na última quarta-feira / Foto: Divulgação

O reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (Ifro), Uberlando Tiburtino, visitou o campus avançado São Miguel do Guaporé na manhã de quarta-feira 21.

Na ocasião, se reuniu com o diretor do campus professor Miguel Zamberlan, servidores técnicos e docentes, além de conhecer a estrutura do Centro Estadual de Educação de Jovens e Adultos (CEEJA), local cedido pelo governo do Estado para abrigar as instalações provisórias do Ifro.

Após a visita à instalação, o professor Uberlando conheceu o terreno de 44.250 mil metros quadrados destinados para instalação da instituição. O lote está localizado em uma área urbana e atualmente esta dentro do planejamento urbanístico do município.

Para o diretor-geral do campus, “ por ser dentro da área urbana do município, facilita o acesso à instituição, principalmente em função da proximidade”.

O Ifro apresentou na última terça-feira 20, na Câmara Municipal de Vereadores, o projeto de implantação do campus, com previsão de início de construção para 2019. A reunião contou com a participação expressiva dos cidadãos da região do Vale do Guaporé.

O servidor Edielsom Almeida, “acrescenta que, para o ano de 2019, serão ofertados cursos de pós-graduação para quem já concluiu o ensino superior e o curso concomitante de técnico em administração para quem está cursando o primeiro ano do ensino médio”.

De acordo com Uberlando, “a implantação do campus São Miguel terá grande impacto na região do Vale do Guaporé, levando educação pública, gratuita e de qualidade, uma vez que serão desenvolvidas atividades de ensino, pesquisa e extensão”.

O reitor ressalta ainda que o principal diferencial em relação à definição do perfil do campus está no vínculo estabelecido com a comunidade local e suas demandas.

Projeto arquitetônico do campus / Foto: Divulgação
Audiência pública realizada na última terça-feira / Foto: Divulgação
Fhemeron 468x60px
Esse é o Plano – 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO