aftosa 728×90
Corpo da criança está dentro de casa / G1

Após confirmada a morte da Criança Laune Ester Rodrigues, 2 anos 5 meses, a Polícia Militar passou a realizar diligências pelo Bairro Marechal Rondon em Ariquemes, localizando os suspeitos na prainha do Rio Jamari.

O pai da Criança, Willian Monteiro da Silva, estava acompanhado de sua amásia Ingrid Bernardino, os quais estavam com outra criança, a filhinha do casal de apenas 5 meses de vida, outra menininha.

Ao serem questionados sobre o ocorrido, Willian afirmou que a Lauane teria caído, e como tempos atrás teria perdido a guarda provisória da criança, após uma queda que o mesmo afirmou que ela sofreu, preferiu fugir.

Ambos foram apresentados na UNISP, sendo constatado que Ingrid é foragida da Justiça pelo crime tipificado 157 (roubo), já Willian tem várias passagens pela Polícia e teria uma tatuagem de palhaço nas costas.

A Polícia apurou que Ingrid não é mãe de Laune, e sim madrasta. Após os trabalhos da Perícia Técnica o corpo da criança foi levado para o Instituto Médico Legal (IML).

Informações preliminares levantadas dão conta de que a criança teria sofrido politraumatismos, traumas fechados na região do crânio, tórax, abdômen, quadril e pernas, contudo somente o laudo Tanatoscópico para constatar a causa morte.

        Willian Monteiro da Silva, pai da criança

        Ingrid Bernardino, madrasta.

aftosa 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO