aftosa
Presídio de Segurança Máxima em Vilhena / Foto: Extra de Rondônia

Um agente penitenciário do Centro de Ressocialização Cone Sul de Vilhena denunciou um preso após receber um bilhete pedindo para facilitar a entrada de um material ilícito na unidade prisional.

O caso foi registrado na tarde sábado , 19, na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp), em Vilhena.

De acordo com Boletim de Ocorrência, o apenado sendo este identificado como Geferson dos Santos Galdino, conhecido como “Cachorrão”, por meio um papel escrito, ofereceu R$ 5 mil em dinheiro para que ele deixasse entrar um carregador solar de celular e um rádio.

Contudo, assim que o servidor recebeu o bilhete informou para o diretor do presídio e registrou um queixa administrativa na unidade prisional.

O bilhete, que foi entregue à polícia, tinha o seguinte recado: “Tenho 5 mil reais em mãos para nós fechar um corre, de um rádio e um carregador solar. Se o senhor fechar, só passa o número, que vai chegar uma pessoa em você e vai te passar o rádio e o dinheiro. Se não quiser fechar, só rasgue esse bereu e não me atrase.”

O apenado foi algemado e conduzido até a Unisp.

 

aftosa 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO