Unisp Vilhena/Foto: Extra de Rondônia

Agora já não dá mais para se falar em coincidência ou situação pontual. Com mais dois registros de ocorrência feitos por vilhenenses contra a Multimarca Consórcios os caso oficializados na cidade somam sete em menos de uma semana, com tendência de aumentar.

A empresa foi procurada na semana passada pelo Extra de Rondônia sem dar retorno ao pedido de entrevista, mas em outro veículo de comunicação um funcionário não negou a prática de golpes, limitando-se a dizer que os supostamente lesados não podem provar que foram enganados. Pesquisa na internet aponta que a empresa enfrenta uma saraivada de reclamações em pelo menos cinco estados do país.

Os casos registrados neste início de semana seguem o padrão das outras ocorrências, com pequenas variações. A rigor a situação aponta para uma negociação de venda de consórcio sob a garantia de liberação da Carta de Crédito em curto prazo, à revelia das normas deste tipo de contrato.

Nos registros desta semana as vítimas foram S.A.S., de 33 anos, e J.E.B., de 50 anos. A primeira vítima visava adquirir um veículo, enquanto a outra pretendia obter um imóvel. Ambos foram atraídos pela proposta de liberação rápida do dinheiro, quitaram o valor de entrada, e ficaram a ver navios.

Diante da sequência de registros de ocorrências nos últimos dias é provável que o Ministério Público Estadual intervenha no caso para averiguar o que está acontecendo. Uma pesquisa simples na internet aponta que a Multimarcas enfrenta denúncias semelhantes na Bahia, Ceará, Piauí e Rio Grande do Sul, além de Rondônia.


COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO