Moto usada por servidor está no pário da Ciretran de Vilhena / Foto: Extra de Rondônia

O caso aconteceu na quarta-feira da semana passada, envolvendo o funcionário efetivo da prefeitura municipal de Vilhena, Leonardo Barreto da Silva, e a motocicleta marca Honda, modelo NXR 150 Bros KS, de placa NCT¨- 3951 (leia AQUI).

Ele estava usando a moto para fins particulares em horário de expediente quando foi abordado por policiais militares.

Além disso, tanto a CNH do funcionário quanto a documentação da moto estavam vencidas.

Foi a segunda vez que o mesmo servidor foi flagrado cometendo o mesmo tipo de ação indevida.

A reportagem do Extra de Rondônia foi até a Ciretran nesta terça-feira, 5, e confirmou que a moto continua lá há uma semana, desde a data do fato (VEJA IMAGEM).

Ao site, a assessoria a prefeitura informou que a Secretaria Municipal de Agricultura (Semagri), pasta da qual pertence o servidor, instaurou processos administrativos de sindicância em desfavor do servidor, para investigação dos fatos.

Disse, ainda, que atualmente uma comissão de servidores trabalha na regularização dos veículos da secretaria e também nos reparos necessários a todos que precisam de manutenção preventiva ou reparativa.

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), no artigo 230, a infração por licenciamento vencido é considerada gravíssima, tendo como multa o valor de R$ 293,4& e adição de 7 pontos à CNH.

SERVIDOR PEDE DESCULPAS

Através da Secretaria de Comunicação, a prefeitura de Vilhena manifestou-se sobre toda a situação com a seguinte nota:

A Secretaria Municipal de Agricultura (Semagri) explica que o veículo Honda NXR 150 Bros KS de placa NCT-3951 é de propriedade da Emater (Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural) e foi entregue à Semagri recentemente. Este e outros veículos passaram por manutenção e aguardavam regularização de documentos.

O uso indevido do veículo, tanto neste episódio quanto no anterior, aconteceram sem a anuência do secretário, conforme a nota de esclarecimento que o próprio servidor publicou em seus perfis nas redes sociais:

“Eu, Leonardo Barreto da Silva, operador de motoniveladora, concursado no município de Vilhena, venho às redes sociais prestar esclarecimentos a toda a população. Numa tentativa de adiantar uma manutenção no equipamento, peguei a motocicleta para ir buscar um aparelho de som na loja.

Não tinha a autorização do nosso secretário, que não compactua com veículos irregulares. Existe na secretaria outros motoristas, só não tinha nenhum na hora. Tive uma atitude impensada e cometi um erro. As consequências dos erros estão aí para arcar. Irei ressarcir todas as despesas provenientes da minha ação.

Peço desculpas a toda a população, que é para quem a gente proporciona o nosso trabalho, e ao secretário Jair Natal Dornelas e à administração em geral, que vem somando esforços para nós, funcionários, prestarmos o melhor serviço à nossa sociedade”.

CONVÊNIO COM PM

Enquanto tenta regularizar sua frota de veículos, a prefeitura firmou convênio com a Polícia Militar (PM) para multar os motoristas de Vilhena que desobedeçam as normas de trânsito, entre elas, a de transitar com documentos atrasados (leia mais AQUI).


COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO