Expedito Netto no Congresso Nacional/Foto: Reprodução

O deputado federal Expedito Netto (PSD) usou a tribuna da Câmara Federal para se manifestar acerca dos problemas relativos a Energisa, e na ocasião mandou um duro recado ao governador Marcos Rocha (PSL), pela ausência de ações do governo federal em Rondônia.

O parlamentar declarou que os “desmandos” da Energisa exigem um posicionamento mais ativo do governo do estado junto a União, e reclamou da ausência de ações de relevância por parte do presidente Bolsonaro com relação ao Estado.

Sobre a Energisa, Netto destacou que era preciso levar ao conhecimento do Brasil, através do Parlamento Federal, os “abusos” que estão sendo praticados contra a população de Rondônia. “São aumentos abusivos no valor da tarifa, além de cortes de fornecimento sem aviso prévio e outros desmandos. O governador Marcos Rocha tem que ser mais firme perante o governo federal exigindo que esta situação seja mudada”.

Em seguida, ele cobrou do governador uma postura que justifique seu discurso de campanha, quando Rocha afirmava que “era amigo do Bolsonaro”, então Rondônia só teria a ganhar com os dois eleitos.

“Então porque é que nada está acontecendo, e o governo federal está inerte com relação ao nosso Estado, que tem muitas demandas”, questionou. Ele insinuou que o governo de Rondônia está paralisado, e que é preciso ações realmente significativas desta gestão, “que vive ainda em virtude do trabalho do governo anterior”.


COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO