Suposto golpe foi registrado na polícia em outubro passado / Foto: ilustrativa

A assessoria da empresa FinanZero, de São Paulo, enviou nota oficial à redação do Extra de Rondônia visando esclarecer denúncia formalizada por um vilhenense, em outubro passado, na Unidade de Integrada de Segurança Pública (UNISP) por estelionato (leia AQUI).

Eduardo Mustafa, representante da empresa, negou o crime, afirmou que o nome da FinanZero foi utilizado de forma indevida e que, infelizmente, é uma prática utilizada por golpistas.

Na denúncia, o vilhenense disse que foi vítima de estelionato após assistir uma propaganda da referida empresa no programa do “Ratinho”, no Sistema Brasileiro de Televisão (SBT).

 

 >>> LEIA, ABAIXO, A NOTA NA ÍNTEGRA:

 

NOTA OFICIAL

Em relação a matéria publicada no site Extra de Rondônia, com o título ‘Vilhenense denuncia estelionato ao depositar dinheiro e tentar empréstimo em empresa anunciada por Ratinho do SBT’, a FinanZero vem informar que:

  • O site acessado pelo consumidor não é o portal da FinanZero – www.finanzero.com.br. O nome da FinanZero foi utilizado de forma indevida, infelizmente uma prática utilizada por golpistas;
  • A FinanZero não faz nenhuma cobrança antecipada, pois esta é uma prática ilegal no Brasil, conforme a regulamentação do Banco Central;
  • O consumidor foi vítima de um golpe financeiro, sendo que os dados dele nem constam em nosso sistema;
  • O nosso serviço é 100% gratuito.

Entendemos a reclamação do consumidor e estamos aqui para ajudar da melhor forma possível, inclusive contribuindo com as autoridades. É importante ressaltar que a FinanZero preza pela educação financeira no Brasil, por isso, buscamos sempre esclarecer e divulgar a informação de que a cobrança antecipada não é prática de empresas confiáveis e seguras que trabalham com crédito.

Para qualquer dúvida, permanecemos sempre à sua disposição.

Atenciosamente, FinanZero.

Eduardo Mustafa

FirstCom Comunicação (www.firstcom.com.br)

Ph.: (55 11) 3034-4662

Cel.: (55 11) 9 9982-2337


COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO