Aumento de 12% da tarifa de água foi revogado / Foto: ilustrativa

O vereador Jabá Moreira não deixou barato e rebateu as declarações do diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgotos (SAAE), Jadir Hengtes, a respeito da “iniciativa” da prefeita Glaucine Rodrigues (MDB) de cancelar o próprio decreto que assinou aumentando em 12% a tarifa de água em Cacoal (leia AQUI).

Hengtes disse que “há mais de 1 ano vem pleiteando um reajuste da tarifa de água em vista da necessidade de se fazer melhorias na infraestrutura da autarquia. Que a princípio apresentou proposta de 28% de reajuste, mas a prefeita negou automaticamente. E, após várias reuniões, Glaucione Rodrigues acabou concedendo o aumento de 12% que estaria valendo a partir de 1 de novembro” (leia AQUI).

O parlamentar disse que o titular do SAAE faltou com a verdade. “Na realidade, a palavra certa é mentir mesmo. Não tem nada sendo pleiteado junto à Câmara de Vereadores há mais de 1 ano. Mentiu novamente. Essa politicagem tem que acabar em Cacoal”, desabafou.

Jabá lembrou a cronologia do caso, quando aliados da prefeita soltaram uma nota dizendo que ao aumento da tarifa de água era “fake News” (leia AQUI).

“Quando viram que não dava para sustentar mais isso, cancelaram o aumento. Agora, o presidente vir falar que o SAAE tem déficit? O senhor está escondendo a realidade do SAAE para a Câmara e para a população de Cacoal. Haja com mais responsabilidade. O senhor ganha R$ 10 mil por mês. Fala jus a seu salário”, ponderou ao fazer outros questionamentos.

PREFEITA RECUA

Através de um vídeo institucional, a prefeita Glaucione Rodrigues (MDB) determinou o cancelamento de decreto que ela assinou aumentando em 12% a tarifa de água em Cacoal (leia mais AQUI).

 

>>> OUÇA, ABAIXO, AS DECLARAÇÕES DO VEREADOR DESMENTINDO O DIRETOR DO SAAE:

 

 


COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO