Mais gestão 728×90

 

Segunda a denúncia, a praça está abandonada/Fotos: Internauta

O construtor João Hernandes Junior, que mora no bairro São José há 31 anos, esteve na segunda-feira 18 na redação do Extra de Rondônia para reclamar de situações que estão acontecendo naquele setor da cidade.

Ele comentou e apresentou imagens das condições precárias da praça pública e também falou sobre a forma grosseira com a qual teria sido tratado pelo prefeito Eduardo Japonês (PV) quando o procurou para falar sobre problemas de alagamento na rua em que mora.

Sobre a situação do logradouro público, o morador relata que há muito tempo não é feita a manutenção de rotina, que se limita a “uma roçada no gramado”, por isso o mato está tomando conta da praça. Além disso, ele afirma que os campos esportivos de areia estão precisando ser restaurados, por isso sua utilização atualmente é bem limitada. O parque infantil ao ar livre também padece por falta de cuidados, com aparelhos danificados. E a noite vários pontos ficam às escuras por causa de lâmpadas queimadas.

“Ou seja, a praça do bairro é o retrato do abandono” comenta o morador, que relembra promessas de campanha do atual prefeito. “Quando foi para pedir votos o Japonês garantiu não só a restauração das praças, como até mesmo a instalação de wi-fi em todas elas, mas não está dando conta nem de tirar o mato. É muito triste isso”, dispara João Hernandes.

Ele também comentou a respeito na mudança de postura do prefeito com relação aos moradores da cidade. “Antes de se eleger ele tratava todos com atenção e simpatia, agora isso mudou. Liguei um dia desse para falar sobre problemas de alagamento na minha rua e ele disse que isso não é um problema só de Vilhena, pois estava em Brasília e lá também tinha alagamento. Eu não quero saber dos problemas de Brasília, eu quero é que o prefeito resolva as questões da nossa cidade”, afirmou.

Garantindo não ter nenhuma pretensão a não cobrar retorno a pesada carga tributária que paga, o morador do São José prega a mobilização popular para fazer valer os direitos dos cidadãos. “Os políticos estão acomodados e as pessoas tem que reclamar e cobrar deles os compromissos de campanha, por isso eu quero deixar registrada esta reclamação a respeito do bairro em que eu moro e vou continuar exigindo que eles resolvam os nossos problemas”, finalizou.

detran 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO