Secretário de Educação, Ajaj Alabi / Foto: Divulgação

O Secretário Municipal de Educação, Cultura e Desporto, Ajaj Alabi, em ofício enviado à redação do Extra de Rondônia, explicou o motivo da falta de monitor em um ônibus escolar que faz a linha da fazenda do Amir Lando, na área rural do município de Corumbiara: término do contrato emergencial.

O caso foi levado à tona pelo site na manhã de sexta-feira, 29, através de reclamações de pais daquela localidade, leia (AQUI).

Por outro lado, o secretário garantiu na sexta-feira que os alunos de 4 a 6 anos já estão sendo dispensados, devido ao término do ano letivo do pré-escolar.

Garante, contudo, que “todos os outros ônibus estão com monitores atuando regularmente até que vença o seu contrato emergencial” e nega supostas brigas ou algum ato que pudesse prejudicar os alunos que utilizam o transporte escolar.

>>> LEIA, ABAIXO, A EXPLICAÇÃO NA ÍNTEGRA:

Explicações da prefeitura constatam a falta de monitor na escola da área rural de Corumbiara / Foto: Extra de Rondônia

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO