Segurança 728×90

 

Família de venezuelanos está há dois dias em Vilhena / Foto: Extra de Rondônia

Com a atual crise que a Venezuela vem enfrentando, Eglismar Ramires, de 26 anos, e Frangerson Dias, de 30 anos, deixaram sua terra natal. O casal de venezuelanos deixaram casa própria e venderam os bens que possuíam, para buscar no Brasil melhores condições de sobrevivência.

A família é composta ainda por duas crianças, de 06 e 08 anos. Os venezuelanos narram que estão há dois dias em Vilhena, sendo a primeira cidade brasileira que param, tendo chegado aqui após pegar caronas com caminhoneiros para atingir o trajeto programado.

Segundo o patriarca Frangerson, o objetivo é chegar até Santa Catarina, mas caso encontre emprego e uma moradia para os familiares pretende se fixar na cidade Portal da Amazônia.

Sem dinheiro e local para abrigar-se, a família está sobrevivendo de doações de comida, além de estar instalada em baixo de uma árvore próxima ao restaurante do posto de combustível Trevo.

Quem se sensibilizar e quiser ajudar a família com um local para morar, alimentos, vestimentas, valores em dinheiro, passagem ou até mesmo uma oportunidade de emprego, basta procurá-los no pátio do posto Trevo, localizado na saída para Mato Grosso.

Local onde família está instalada / Foto: Extra de Rondônia
Segurança 468×60
dengue 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO