Sueli Magalhães / Foto: Extra de Rondônia

Na manhã desta sexta-feira 10, visitou a redação do Extra de Rondônia, a diretora de planejamento e projetos do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Vilhena (SAAE), Sueli Magalhães, para divulgar a abertura do edital de contratação de empresas para dois projetos da autarquia.

De acordo com a diretora, o edital será aberto entre os dias 20 e 21 de janeiro, para ampliação e readequação do sistema de abastecimento de água e para implantação do sistema de esgotamento sanitário de Vilhena.

Segundo Magalhães, os projetos estavam sendo planejado há algum tempo, tendo sido finalizado em 2019. Os valores são R$ 32 milhões para a ampliação do sistema de água e R$ 45,5 milhões para o saneamento.

A representante explicou ainda que, com a implantação do novo sistema, haverá dois reservatórios com capacidade de 2 milhões e outro 1,5 milhão, que possibilitará ao SAAE a economia de 50% da conta de energia.

Já o projeto de esgotamento prevê a construção de quatro estações elevatórias e uma de tratamento, tornando a água limpa para ser devolvida a natureza.

Sobre a execução das obras, a representante do SAAE detalha que a implantação do sistema de esgoto não será pela rua, e sim pelo local das calçadas, com duas redes paralelas para facilitar a manutenção. “Neste projeto, serão abertas as calçadas e no máximo uma semana serão fechadas. E todas as obras ficarão a cargo da empresa que ganhar o processo seletivo”.

Em relação ao edital, Magalhães enfatiza que há exigências para participar da licitação, e devido a demanda acredita que cerca de 10 empresas concorrerão a vaga.

PROJETOS

Magalhães destacou ainda os projetos realizados pelo SAAE, como o de educação ambiental que prepara a população para o recebimento das obras que serão executadas, a exemplo o de abertura das calçadas para implantação do sistema.

A servidora pontua ainda que 2019 foi um ano bom, isso porque o atual prefeito deu muita autonomia aos profissionais. “Nosso ano foi muito produtivo com a conclusão de dois projetos e início de um novo que irá trabalhar com resíduos sólidos com conteinerização do município”.

A diretora narra que o novo projeto conta com a parceria da Secretaria Municipal de Meio Ambiente que através de um edital conquistou o valor R$ 4 milhões para compra de contêineres, caminhões e demais equipamentos que farão o recolhimento dos materiais. “Fomos o único município da Região Norte contemplado”.


COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO