Segurança 728×90

 

Foto: PRF Divulgação

Outras duas pessoas procuradas pela Justiça também foram recapturadas pelos policiais rodoviários federais em Jaru (RO) e Humaitá (AM).

Na última terça-feira (11), três pessoas consideradas foragidas da Justiça foram presas por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no interior dos estados de Rondônia e do Amazonas. Um dos indivíduos, inclusive, portava 690 gramas de cocaína.

O primeiro foragido foi recapturado às 10h45, durante fiscalização a um táxi, realizada no km 432 da BR-364, em Jaru (RO). O indivíduo, que é pastor e tem 43 anos de idade, possuía 3 mandados de prisão em aberto, sendo dois deles relacionados a furtos praticados no Mato Grosso e o outro decorrente de estelionato cometido em São Miguel do Guaporé (RO).

Já por volta das 15h10, outro passageiro de táxi foi preso pelos agentes federais. Ao abordar o veículo, os policiais notaram que um homem, de 31 anos, usava uma tornozeleira eletrônica, que estava desligada. Após consultas, foi verificado que o indivíduo tinha fugido do regime semiaberto há cerca de 3 meses e, ao efetuarem uma busca pessoal, os agentes encontraram 690 gramas de cloridrato de cocaína.

Por fim, uma mulher de 57 anos, que viajava em um ônibus de Porto Velho (RO) até a capital amazonense, também foi presa por uma guarnição da PRF às 22h30. A mulher possuía dois mandados mandados  de prisão pendentes de cumprimento, ambos expedidos pelo Poder Judiciário de Altamira (PA), pelos delitos de tráfico de drogas e corrupção ativa. Todos os indivíduos presos foram encaminhados à Polícia Judiciária para adoção das devidas providências.

Segurança 468×60
dengue 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO