Estamos em guerra 728×90
Casos foram registrados na terça-feira, 11 / Foto: Extra de Rondônia

A onda de roubos a ciclistas e transeuntes continuam deixando a cidade em pânico.

Dois casos deste tipo foram registrados na terça-feira, 11, na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) de Vilhena.

O primeiro caso aconteceu na Avenida Carlos Sthal, no bairro Jardim Eldorado.  De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), a vítima C.A.S, de 48 anos, chamou a Polícia Militar (PM) e relatou que é funcionária da empresa Ecucatur e por volta das 06h, estava indo para seu local de trabalho, quando próximo ao Laboratório Osvaldo Cruz, foi abordada por um homem alto, magro, vestindo uma camisa manga longa, de capuz, que anunciou o roubo, mostrando uma arma fogo. O meliante pegou o aparelho celular da vítima e fugiu.

Comunicada do crime, uma guarnição da PM, realizou diligências pelas proximidades, mas o criminoso não foi localizado.

O segundo roubo aconteceu na Rua 734, no bairro Marcos Freire. De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), a vítima K.C.S.V, de 18 anos, chamou a Polícia Militar (PM) e relatou que, ao sair do Mercado Opção em sua bicicleta, um homem moreno, magro, vestindo uma camiseta rosa e short preto, o seguia de bicicleta e, ao acessar a rua citada, o bandido o abordou e anunciou o assalto. Ele ameaçou desferir uma facada e ordenou que entregasse o celular.

Com medo, a vítima entregou o aparelho para o marginal, que fugiu logo em seguida. Uma guarnição realizou diligencias pelo bairro, mas o criminoso também não foi localizado.

Estamos em guerra 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO