Segurança 728×90
Casos foram registrados na Unisp de Vilhena / Foto: Extra de Rondônia

Os dois casos foram registrados na segunda-feira, 17, na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) de Vilhena.

De acordo com Boletim de Ocorrência (BO), o primeiro caso trata-se de M.L.G, de 69 anos, que procurou a delegacia e relatou que o estelionatário realizou empréstimos utilizando seus dados pessoais. Os criminosos ultrapassaram o limite da sua renda de R$ 550,00, na qual acabou zerando o cartão.

A idosa relatou que no mês de janeiro recebeu uma ligação de uma pessoa identificada por Valdir, que sugeriu o empréstimo, porém, ela não aceitou. Mas, em fevereiro, constatou na sua conta que empréstimo teria sido feito, deixando sua conta sem saldo.

O segundo caso é relatado por I.L.J, de 55 anos, que procurou a Unisp para denunciar que um estelionatário, através de uma empresa chamada de Engenharia Social, conseguiu transferir o número de WhatsApp para outro aparelho e, com isso, os criminosos começaram a mandar mensagem para seus contatos pedindo depósito de dinheiro numa conta da Caixa Econômica Federal em nome de Francisco Wanderson Santos. Contudo, não soube informar se os depósitos foram concretizados.

A vítima afirma que até sua filha recebeu a ligação do criminoso pedindo dinheiro. Com isso, procurou a delegacia e registrou a queixa.

De acordo com a Delegacia de Polícia Civil, casos como estes tiveram um aumento e, em sua maioria, as vítimas são homens.

Segurança 468×60
dengue 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO