Deputada federal Mariana Carvalho e o vereador Maurício Carvalho, de Porto Velho / Foto: Divulgação

Os irmãos Mariana Carvalho (deputada federal) e Maurício Carvalho (vereador) são alvos de investigação do Ministério Público (MP) por suposto ato de improbidade administrativa.

O Extra de Rondônia obteve acesso ao procedimento e o caso remete ao réveillon do ano passado, durante a realização da festa da virada organizado pelo Município de Porto Velho.

O MP instaurou procedimento preparatório eleitoral para investigar a denúncia que envolve os parlamentares e observou que “muito embora o evento tenha sido realizado através de convênio firmado entre o Município e o Ministério do Turismo, contrariando o disposto no artigo 73, §10, da Lei nº 9.504/97”.

O procedimento foi instaurado em 22 de abril, e publicado nesta semana no Diário Oficial do MP, e tem à frente a promotora de justiça Daniela Nicolai de Oliveira Lima.

Release postado na página oficial da prefeitura de Porto Velho / Foto: Extra de Rondônia

RÉVEILLON TEVE MAIS DE 80 MIL PESSOAS

Conforme release divulgado pela prefeitura de Porto Velho na época, a festa de réveillon teve uma megaestrutura, reuniu mais de 80 mil pessoas e teve participação de diversos artistas locais e aconteceu na avenida Farquhar com 7 de Setembro (região central).

O release informa que o Prefeito Hildon Chaves conseguiu como principal atração, “o supershow da cantora sertaneja Paula Mattos, fechado através da deputada federal Mariana Carvalho e do vereador Maurício Carvalho, por meio de recurso do Ministério da Cultura” (leia AQUI).

 

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO