Corona 728×90

 

Foto: Arquivo Extra de Rondônia

Na noite de quinta-feira, 21, quatro pessoas foram conduzidas à delegacia por guarnições da Polícia Militar, após terem sido flagradas com drogas, em um conjunto de apartamentos localizado na Rua 809, no Bairro Alto Alegre, em Vilhena.

De acordo com o registro da ocorrência, uma guarnição realizava patrulhamento de rotina pelo local, já conhecido por se tratar de uma boca de fumo, quando avistaram saindo do local, um homem, também já conhecido no meio policial por prática de pequenos furtos.

Em abordagem ao mesmo, foi encontrado em baixo de seu boné, uma pequena porção de crack, pesando 0,1 grama.

O suspeito, por sua vez, alegou ter adquirido a droga na casa de onde saiu, pelo valor de R$ 30,00, de um jovem conhecido como “Nota Dez” e que haviam mais usuários no local.

Neste momento, saiu da casa F. R. O., de 27 anos, que ao avistar a guarnição, lançou algo por cima do muro, um pequeno embrulho, e tentou empreender fuga correndo, porém foi contido e algemado.

Por sua vez, o jovem, que também é conhecido pela prática de furtos para manter o uso de drogas, confessou que o que tinha jogado era crack.

Diante dos flagrantes, os militares solicitaram apoio e fecharam o cerco ao conjunto habitacional, podendo ser ouvido gritos vindos de um dos apartamentos para que fechassem a porta.

Ao entrarem no imóvel, onde estavam G. R. S, de 19 anos, S. A. G., de 39, e F. M. B. C., de 27, vulgo “Nota Dez”, os policiais avistaram quando este último se trancou no banheiro e dispensou o restante da droga no vaso sanitário.

Após sua saída do cômodo, todos os envolvidos foram apresentados na Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP) para serem tomadas às devidas providências.

 

Corona 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO