Estamos em guerra 728×90
Caso foi registrado na Delegacia de Polícia / Foto: ilustrativa

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil na tarde desta segunda-feira, 25, em Vilhena.

A denúncia envolve falsificação de documento público e foi formalizada pelo proprietário de um escritório de Contabilidade contra um funcionário da empresa.

Conforme o Boletim de Ocorrência (BO), o proprietário, que é contador, compareceu à Delegacia com o funcionário para narrar o fato.

Mas o dono só tomou conhecimento da situação após ter sido atuado pelo Departamento de Fiscalização Urbana da Prefeitura de Vilhena, constatando que haviam Autos de Vistoria contra incêndio e pânico falsificados de 8 empresas da cidade.

O BO aponta que todos os documentos foram falsificados com o mesmo número.

Estamos em guerra 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO