Estamos em guerra 728×90
Vereador Samir Ali / Foto: Divulgação

O vereador Samir Ali (Podemos) se manifestou a respeito do episódio envolvendo feirantes dos domingos e o secretário municipal de agricultura de Vilhena, Jair Dornelas.

Um feirante, identificado como seu Murillo, um idoso que tinha o box 55 há muito tempo para moer cana, perdeu a vaga, o qual foi disponibilizado a outro feirante por Dornelas.

Preocupados pelo episódio, familiares do idoso levaram o caso à imprensa e até autoridades locais, entre eles Samir Ali.

Após obter informações da família, o parlamentar enviou ofício ao secretário solicitando explicando. Dornelas comunicou que seu Murillo retornaria a ter o box no domingo, o que não aconteceu. Esta situação revoltou o vereador.

“O secretário garantiu que seu Murillo continuaria no box 55, pelo menos nesse domingo, o que não aconteceu. Fica ruim porque falta com a palavra e compromisso que fez comigo”, disse.

Contudo, o parlamentar afirmou que o secretário garantiu que seu Murillo ficará no box 105 por questões sanitárias.

“É preciso ouvir as pessoas antes de tomar qualquer decisão. Faltou diálogo e conversa. Lamentamos com as medidas do secretário, que não aceita questionamentos. Estamos do lado dos feirantes, que tem sido perseguidos por Dornelas”, frisou.

Ainda, através de sua página pessoal via Facebook, o vereador completou:

“Novas regras são criadas sem qualquer tipo de conversa, imposições sem ao menos buscar o diálogo. O secretário busca ainda mais desavenças com alguns feirantes que estão a anos nesse seguimento, é hora de ouvir Secretário, é hora de recuar”, completou.

Estamos em guerra 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO