Estamos em guerra 728×90

 

Foto: Acervo Extra de Rondônia

Um agricultor identificado como Francisco de Socorro Chagas, de 50 anos, morreu afogado na noite de sexta-feira,03, na estrada capa 144, linha 135, na área rural de Vilhena.

De acordo como o boletim de ocorrência, a Central de Operações da Polícia Militar (COPM), recebeu a informação de um afogamento no endereço citado.

Com isso, uma equipe da Rádio Patrulha da PM se deslocou até o local e em contato com o comunicante, este relatou que, seu tio no final da tarde  foi tomar banho no rio, como fazia habitualmente, porém, ao perceber a demora, foi procurara-lo e o encontrou  submerso nas águas do rio.

Com isso, o sobrinho arrastou o  tio para a margem do rio e ligou para o Corpo de Bombeiros.

Segundo o comunicante, informou a polícia que o tio sofria de epilepsia e que talvez ele poderia ter tido um ataque enquanto nadava.

Os bombeiros que atenderam a ocorrência constataram que Francisco estava morto.

A Polícia Técnica-Cientifica (Politec) realizou a perícia e depois liberou o corpo para a funéria de plantão.

Estamos em guerra 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO