Fato aconteceu na terça-feira / Foto: Ilustrativa

F.F.A., 54 anos, acionou a polícia após ter seu carro danificado em um estacionamento na Rua Domingues Linhares, na manhã de terça-feira 28, centro de Vilhena.

Segundo o Boletim de Ocorrências (B.O), a vítima deixou seu carro estacionado em frente à escola Marizete Mendes de Oliveira. Ao ver, a proprietária do prédio pediu para que tirasse o veículo de seu estacionamento, pois era particular, ao se negar informando que o local era público, a mulher disse: “Só podia ser funcionária pública para ter uma atitude como essa”. A vítima ignorou e foi até a escola.

Ao retornar ao carro percebeu que a porta traseira direita estava danificada com riscos e um amassado, além de um prego apoiado ao pneu dianteiro esquerdo. Uma testemunha afirmou ter visto a proprietária do prédio próximo ao veículo e que inclusive havia lhe pedido quatro pregos na obra em que está trabalhando.

Não foi possível localizar a autora do fato e nem seu nome completo, com isso um registro foi realizado junto a Unidade Integrada de Segurança Pública de Vilhena (Unisp) e o caso segue sob investigação.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO