Estamos em guerra 728×90

 

Coluna escrita por Humberto Lago/Foto: Acervo Extra de Rondônia

Duas pessoas, com funções distintas, estavam trabalhando na mesma sala. Ao final do dia, como que fazendo um balanço do ocorrido, uma delas afirmou: meu dia foi produtivo! A outra, no entanto, disse: pois o meu dia não foi tão produtivo quanto desejava. Eu quisera ter feito mais coisas, ter ideias inovadoras, ter executado coisas importantes…

Você se identifica mais com a primeira ou com a segunda pessoa? Em que você se baseou para tomar essa decisão?

A visão que temos de nossa função é parte integrante de nosso perfil profissional. Essa visão tanto pode estar certa como errada. Há pessoas que na vida profissional nasceram para crescer, para assumir novas responsabilidades, para produzir com eficiência, para serem líderes e não liderados. Há também pessoas com uma visão profissional distinta, e que se preocupam especialmente em realizar a carga rotineira de trabalho, não tendo sonhos maiores para si nem para a empresa.

Há pessoas que são desbravadoras, por natureza; que amam desafios; que adoram enfrentar situações novas; que encaram com naturalidade o desconhecido; que não se perturbam com as pressões naturais do serviço, nem com o cumprimento de metas.

Nós podemos avaliar, a qualquer tempo, tanto o perfil profissional dos funcionários de uma empresa, como a firma em si. Porém para sermos isentos, devemos lembrar que temos a tendência de usar como referencial nossos valores, princípios e prioridades pessoais. Qualquer avaliação que fizermos, ela parte de nossa visão pessoal e postura.

Na atual conjuntura econômica, e independentemente de nossa posição hierárquica, precisamos de competência profissional, de habilidade nos relacionamentos interpessoais, de ser focados, de ter sonhos maiores, de sermos mais produtivos e competitivos em tudo que fizermos. É pacífico que os medíocres não prosperarão.

Se não nos preocuparmos em investir na nossa carreira e em desenvolver nosso perfil profissional, dificilmente estaremos aptos a enfrentar os desafios da hora presente. Todos precisamos criar um diferencial e nos projetarmos através dele. Espero que estas ideias possam, de alguma forma, trazer-nos luz e estimular-nos a sermos profissionais capacitados. Estas pessoas estão em falta no mercado de trabalho. A experiência tem comprovado isso!

Estamos em guerra 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO