Estamos em guerra 728×90

 

Terminal rodoviário de Vilhena / Foto: Acervo Extra de Rondônia

C.S., 33 anos, foi detido pela polícia após xingar e tentar agredir funcionárias da Eucatur na rodoviária de Vilhena.

De acordo com o Boletim de Ocorrências (B.O), ao chegar na rodoviária o homem estava bastante alterado usando termos como “puta” e “vagabunda” para se referir as funcionárias da empresa, além de ter rasgado a passagem em frente a atendente.

Com isso, a polícia tentou conversar com C.S., que de forma ríspida e irônica informou que eles não poderiam tocar nele, pois era da Itália. O homem ainda alegou que o sargento que atendia a ocorrência nem se quer conhecia a Itália e “estava se achando o presidente da república”.

Ao ser informado pela guarnição que poderia ser preso por desacato, o homem ironizou perguntando se os policiais gostariam de algemá-lo com as mãos a frente ou atrás.

Devido ao estado de C.S., a polícia o encaminhou a Unidade Integrada de Segurança Pública de Vilhena (Unisp) entregando ao delegado de plantão.

Estamos em guerra 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO